PEAC

Conselho Gestor avalia resultados dos Encontros Regionais durante a 9ª Reunião

15 de fevereiro de 2017
IMG_2889

Conselheiros participam 9° Reunião da 4° Gestão do Conselho Gestor

Após o sucesso dos Encontros Regionais, o Conselho Gestor do Programa de Educação Ambiental da Petrobras (PEAC) realizou a 9° Reunião da 4° Gestão do Conselho Gestor. Um dos objetivos da reunião foi avaliar os Encontros Regionais e dar os devidos encaminhamentos dos eventos.

A reunião aconteceu nos dias 10 e 11 de fevereiro de 2016 em Aracaju e foi inteiramente conduzida pela conselheira Adilma Gomes, da comunidade da Farolândia, em Aracaju, iniciando-se pela leitura e aprovação da ata da 8ª reunião, e pelos informes. Na seqüência, Leda Barbosa, representante da Petrobras, fez uma exposição dialogada sobre os projetos de compensação e Sindiany Santos, da equipe técnica da UFS, apresentou um balanço das atividades desenvolvidas nos projetos de mitigação entre os meses de dezembro de 2016 e janeiro de 2017

Dinâmica do Poste

A principal pauta da reunião foi a avaliação dos Encontros Regionais. Para isto utilizou-se a“dinâmica do poste”, na qual os conselheiros organizaram-se em quatro grupos com a finalidade de avaliar os Encontros Regionais e o papel do Conselho Gestor. A dinâmica ocorreu por meio da reflexão de quatro questões:

- Como posso transformar as discussões em intervenção na minha realidade, articulando com as bases comunitárias da área de abrangência do PEAC?

– Como você avalia a temática discutida de forma regional?

– Você avalia que o Conselho Gestor atinge os objetivos, o que você acha que poderia mudar?

– Como você avalia a condução do Encontro pelos conselheiros e a participação dos delegados presentes?

Durante a dinâmica cada grupo passava pelos cartazes e, após diálogo, anotavam suas opiniões em cada questão. A partir dessas questões, os conselheiros refletiram sobre o valor do Conselho Gestor e das atividades que desenvolvem. Após a conclusão da dinâmica, quando todos os grupos já haviam dialogado sobre as questões contidas nos cartazes, realizou-se a socialização das respostas. Eles reconheceram a importância das suas comunidades ampliarem o envolvimento com projetos de mitigação e de se engajarem mais no sentido de compartilharem o conhecimento que tiveram acesso através do PEAC. Foi destacada também a preocupação dos conselheiros melhorarem a comunicação com os comunitários. Porém, também foi evidenciado o orgulho que eles sentem de fazerem parte do Conselho Gestor do PEAC e de representarem as suas comunidades no enfrentamento dos conflitos socioambientais.

IMG_2891

Após “dinâmica do poste”, conselheiros socializam a avaliação dos Encontros Regionais.

Para o conselheiro Ênio Pereira, “O Conselho Gestor é fundamental, pois temos muitas regiões aqui em Sergipe que, se não fôssemos atrás para ajudar a resolver os conflitos socioambientais, elas estavam esquecidas, quando a gente faz uma ação pela nossa região a gente beneficia a nossa comunidade e as comunidades vizinhas”, avaliou o conselheiro.

Os conselheiros debateram também sobre a Campanha Nacional pela Regularização dos Territórios Pesqueiros a partir de uma dinâmica de grupo conduzida pelo técnico do PEAC na UFS, Leandro Sacramento – Pel. Durante o diálogo foi ressaltada a importância da luta em defesa dos direitos dos pescadores. A campanha visa conseguir assinaturas de 1% do eleitorado brasileiro (o que corresponde à cerca de 1.400.000 assinaturas) para o Projeto de Lei de iniciativa popular e na oportunidade ficou definido que os conselheiros estarão empenhados em colher o máximo de assinaturas em suas comunidades.

Sobre as atividades desenvolvidas durante a 9ª reunião a conselheira Adilma Gomes analisou que as dinâmicas foram muito importantes. “Colocar o significado do nosso papel do Conselho Gestor em um painel nos faz refletir sobre a importância de sermos representantes das nossas comunidades. Se não fosse a formação que eu tenho hoje, e consegui me formar através do PEAC, talvez a associação da minha comunidade nem existisse, talvez nenhum de nós estivesse mais morando lá, talvez essa luta contra as grandes construtoras já estaria perdida”, refletiu a conselheira residente na comunidade conhecida como Barroso.

Na reunião encaminhou-se que será realizado um GT em 16 de março para planejamento das rádios-feiras, as quais acontecerão na feira do município de Conde (BA) (Região Sul), na feira do município de Pacatuba (Região Norte), e na feira do Augusto Franco, em Aracaju (Região Centro). As rádios-feiras serão realizas com a finalidade de dar visibilidade aos conflitos socioambientais discutidos nos Encontros Regionais.

Por fim, os conselheiros discutiram as regras para entrada e permanência de membros no grupo Crimes Ambientais, criado no Whatsapp pelo Conselho Gestor como ferramenta de comunicação para denúncia de crimes ambientais na área abrangida pelo PEAC. Entre outras definições foi acordado que cada integrante terá as regras no celular para repassá-las sempre que entrar novo participante no grupo.

As próximas reuniões do Conselho Gestor ficaram definidas para acontecerem nos dias 24 e 25 de março, 26 e 27 de maio, 28 e 29 de julho e 29 e 30 de setembro de 2016. A última reunião do ano, a ser realizada junto com o Encontro Anual do PEAC, está prevista para ocorrer no final de novembro ou início de dezembro.

Veja também: